top of page
  • Foto do escritorCINEMA ALDEIAS TABAJARA

Encontro das Niaras: celebrando a Cultura e resistência das mulheres indígenas Tabajara

A Aldeia Vitória foi cenário de um evento político-cultural de resistência no dia 02 de setembro de 2023. O evento contou com presença de mais de duzentas pessoas – indígenas da etnia Tabajara e Potiguara, e não indígenas. O IV Encontro do grupo de mulheres Niaras, “O PROTAGONISMO DA MULHER INDÍGENA NA LUTA PELO TERRITÓRIO: não ao marco temporal” Mulheres indígenas num movimento relevante contra as ameaçam do projeto de lei 490/07, ou PL do Marco Temporal, aos povos indígenas do Brasil. Um dia repleto de significado, marcado pela luta contra o marco temporal, pela intensa e rica troca intercultural e resistência que definem a identidade do povo Tabajara. Mais do que um encontro, foi um testemunho da resiliência e unidade do povo Tabajara diante dos desafios contemporâneos, especialmente a ameaça imposta pelo marco temporal.

Para realização do encontro, o grupo das Niaras, também se preocupou com a saúde e o bem-estar da comunidade, para isso, contou com o apoio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da Prefeitura Municipal de Conde – PB, que ofereceu serviços do CadÚnico – Governo Federal. Ainda tiveram atividades de Práticas Integrativas, parceria da equipe de dois PROBEX da Universidade Federal da Paraíba – UFPB, “Cinema nas Aldeias Tabajara” e “Cinema manutenção de Sites,” em parceria com terapeutas, que ofereceram: Auriculoterapia, Musicoterapia, Reike, Acupuntura Ortodoxa Tung. Ainda pelo projeto, foi oferecido aferição de pressão e medição de taxa glicêmica. A criatividade e o empreendedorismo estiveram em destaque na feirinha do evento, onde os participantes puderam adquirir pintura corporal com grafismos indígenas, peças de cerâmicas, alimentação e artesanato indígena.


A programação do evento foi igualmente enriquecedora. Pela manhã, o ritual cultural do Toré com as mulheres marcou a cerimônia de abertura, evocando a espiritualidade e a força das mulheres indígenas e a mesa de abertura com representantes da Prefeitura de Conde, Secretarias de Estado e líderes femininas das três aldeias. No turno da tarde, aconteceu uma Roda de Conversa, proporcionou um espaço para discussões profundas sobre o protagonismo da mulher indígena dentro da comunidade e os desafios enfrentados no contexto do marco temporal, principalmente para o povo Tabajara que não tem sua terra demarcada. O Encontro das Niaras encerrou-se com alegria, mas também com um sentimento de fortalecimento da comunidade Tabajara. Este evento, celebrou a rica cultura e herança ancestral das mulheres Tabajara, demostrando o fortalecimento, a resiliência e determinação desse povo em enfrentar desafios e garantir lutar pela preservação de sua identidade e território.


Autores deste verbete: Laura Lujan Ausilio Diniz

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page