top of page

24ª Assembleia Xukuru do Orurubá teve a participação dos Tabajara da Paraíba

Mandaru cultivando raízes, preparando as novas gerações e lutando contra a criminalização”, foi o tema da 24ª Assembleia Xukuru, que aconteceu  entre os dias  17 a 20 de maio. A programação do evento contou com uma ampla gama de atividades  para celebrar sua tradicional cultura, debater temas ambientais, políticos, direitos humanos, de gestão e organização do território, e seus desafios e lutas diárias.


Os Xucuru, no último dia do evento saem do seu território em caminhada até o local em que Cacique Chicão Xukuru, foi assassinado a tiros na manhã de 20 de maio de 1998, na cidade de Pesqueira no agreste de Pernambuco, para mostrar seus ensinamentos: movimento e resistência. O evento reúne povos indígenas de diversas regiões do Brasil, principalmente da região Nordeste, estiveram presente importantes representantes e líderes indígenas, incluindo a Ministra dos Povos Originários, Sônia Guajajara, universitários, estudantes, professores e militantes da causa indígena. Um espaço que propicia debates e reflexões sobre a participação efetivas dos povos indígenas em  políticas públicas e direitos constitucionais. Com a presença de vários povos, entre eles os Tabajara da Paraíba, a Assembleia Xukuru reforça a importância da união e da resistência frente às adversidades e desafios  impostos aos povos originários, caracterizando da a contínua luta pela preservação dos direitos, territórios e culturas, demonstrando que a resistência e a resiliência permanecem firmes e vigorosas.

1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page